STORYTELLING E CARREIRA

Quer mais resumos? acesse o nosso canal.

O storytelling pode torná-lo um profIssional desejável?

A arte de contar boas histórias está revolucionando como as marcas são percebidas, e sim pode fazer o mesmo por você

A evolução tecnológica está transformando a sociedade, e certamente as profissões também estão sendo impactadas. O futuro é incerto tanto para os profissionais atuais como para os que estão em processo de formação. Hoje é necessário ir pouco além da formação tradicional, é preciso trabalhar em habilidades como a resiliência, a adaptabilidade, gerenciamento de altas cargas de informação, foco e colaboração.

Algumas das habilidades mencionadas estão estreitamente relacionadas a um conceito que vem ganhando força no mercado corporativo, as softskills. Mas o que é isso? São habilidades e competências ligadas ao comportamento humano. No entanto, só até pouco tempo essas habilidades ganharam relevância, e a tecnologia teve muito a ver nessa movimentação.

Softskills e storytelling

Hoje as empresas estão automatizando quase todos seus processos operacionais, ou seja, esses profissionais que estão sendo trocados pelas maquinas precisam ser preparados para desenvolver essas habilidades comportamentais e continuar sendo competitivos no mercado.

Aqui é quando entra o storytelling entra, uma vez que por meio de histórias cativantes e claro autenticas, esses colaboradores estarão engajados com o movimento e certamente mais dispostos para aprimorar essas habilidades, até porque as boas histórias tem o poder de mudar a vida de quem as escuta, e até podem ser a motivação para desenvolver um novo caminho pessoal ou profissional.

Empatia, liderança e storytelling

Poderia se dizer que a tecnologia está aproximando às pessoas, uma vez que agora é possível mandar uma mensagem instantânea para qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo. Além disso, as ferramentas tecnológicas tem nos tornado seres mais conectados, o que poderia ser pensado como seres mais empáticos, mas infelizmente não, pelo contrário, a empatia está se tornando um presente nesses dias.

Diante desse contexto, lideres de todos os segmentos precisam trabalhar mais nessa habilidade por meio de gestos, ações e histórias que mantenham motivados e engajados tanto aos seus colaboradores como aos seus clientes. No final do dia, se não conseguimos fazer algo que nos conecte realmente com o outro, como alavancaremos nosso crescimento? A vida é de mais ubuntu e menos individualismo e os lideres mais amados pelo mundo entenderam isso há muito tempo.

Ser storyteller mudará sua marca pessoal

Ao igual que as marcas se preocupam pelo seu posicionamento no mercado, os profissionais também deveriam ter essa mesma preocupação. O conceito de marca pessoal hoje está atrelado a bloggers e influenciadores que querem se tornar atrativos para o mercado.

Entretanto, a marca pessoal deveria ser uma preocupação para qualquer profissional, uma vez que é a percepção que está criando e isto pode ser determinante no crescimento ao longo prazo. Muitas vezes deixamos de ser levados em conta em oportunidades profissionais que tem a ver tudo com o nosso perfil porque não fico muito claro que realmente encaixávamos aí, ideias foram descartadas e projetos foram jogados para fora. Nesse sentido, o storytelling pode ser o parceiro para aprender a vender suas qualidades profissionais, dar valor as suas ideias e tornar qualquer projeto realidade e por que não conseguir o inimaginável?

Quer saber mais sobre Storytelling? Leia o artigo completo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: